Linhas de metrô privatizadas custam mais caro

A remuneração da Linha 4 – Amarela favorece as empresas privadas que fazem parte do consórcio Via Quatro. Enquanto o usuário paga R$ 3,80 na passagem o governo estadual repassa R$ 4,03 às empresas que controlam o transporte. Em 7 anos o prejuízo aos cofres públicos do Estado de São Paulo ultrapassa R$ 1,5 bilhões. O governo Alckmin quer privatizar da mesma maneira as linhas 5-Lilás e 17-Ouro